Projecto Cazenga aposta na dança


14 de Maio, 2016

A Escola de Dança Filhos do Ritmo desenvolve nos próximos tempos o projecto Cazenga em Movimento, com o intuito de ajudar a tirar os adolescentes e jovens deste município da delinquência e do alcoolismo, disse, ontem, o professor de dança Euclides de Moura.

A iniciativa, destacou Euclides de Moura, serve ainda para ocupar as crianças, principalmente fora do horário escolar. Além de danças de salão, o projecto integra também o teatro e a música.
“A ideia é incutir nos jovens o gosto pelas artes e os ensinar a valorizar mais os criadores angolanos. A união entre a dança com estes géneros vai ajudar a dar mais opções de escolhas aos futuros formandos”, disse.
O docente considerou ainda importante a criação de políticas mais eficazes na divulgação desta arte, a nível nacional.
“A sociedade tem de começar a encarar a dança como parte da sua história de vida e como uma forma de preservar e valorizar as raízes africanas e as angolanas”, reforçou.
Euclides de Moura disse que as danças, em especial, as tradicionais, têm um conteúdo de cultural muito activo, que precisa ser divulgado aos jovens, devido a sua riqueza cultural, assente nas suas raízes.
“Hoje este género de dança está a ser esquecido, em especial pelos jovens, que preferem praticar mais os ritmos estrangeiros, fruto da globalização, ou os mais modernos, ligados as festas de salão, do que resgatar as suas origens”, lamentou.
Licenciado em dança pela Faculdade Angel Vianna Brazil, no Rio de Janeiro, o professor pratica dança há dez anos. A sua carreira começou no grupo de bailado Vissapa do município do Cazenga.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA