Projecto Mbanza Congo tem mais apoios


2 de Setembro, 2014

Fotografia: José Soares

O projecto “Mbanza Congo -Cidade a Desenterrar para Preservar” ganha novos contornos, com mais apoios do Executivo, Governo Provincial e de vários especialistas, nacionais e internacionais.

O Governo Provincial do Zaire prometeu ceder uma das suas salas para o funcionamento do ateliê para a redacção do dossier para a inscrição de Mbanza Congo na UNESCO.
A directora-geral do Instituto Nacional do Património Cultural, Maria da Piedade Jesus, elogiou a iniciativa do Governo Provincial por “o espaço cedido permitir juntar num único local os especialistas do projecto”.
O secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, acompanhado de uma delegação de especialistas angolanos e da UNESCO, avaliou no fim-de-semana, o património de Mbanza Congo. Os visitantes verificaram igualmente o andamento dos diversos trabalhos de escavações arqueológicas feitos pelos técnicos. Da delegação faziam parte, entre outros, o chefe do património mundial para a região de África, Edmond Moukala, o chefe do bureau regional multissectorial da UNESCO para a África Central, Christian Ndombi, e a coordenadora do projecto “Mbanza-Congo”, Sónia Domingos. O secretário do Estado, que reafirmou o empenho do Ministério da Cultura em enviar no final do próximo ano o documento de fundamentação à UNESCO, pediu aos especialistas um maior empenho para concluir o dossier primário este mês.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA