Reconhecido o contributo das igrejas na pacificação


22 de Setembro, 2015

A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, afirmou, sábado, em Luanda, que o papel que as instituições religiosas assumiram e assumem ao longo do processo histórico angolano foi, e continua a ser, fundamental para a reconstrução do país.

Falando no acto realizado na paróquia Central da Igreja Kimbanguista em Angola, no Zango III, em homenagem ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, Rosa Cruz e Silva disse que  o país viveu um longo período de instabilidade provocada pela guerra e a sua reconstrução reclama o concurso de todas as instituições, cujo papel social é de extrema importância para o presente e futuro dos angolanos.
A igreja, realçou, pela sua capacidade de intervenção e mobilização, é  chamada para dar o seu contributo, proporcionando aos crentes e às comunidades o equilíbrio emocional, imprescindível para que estes se entreguem à causa da edificação da pátria com que todos sonham. Rosa Cruz e Silva, que falava em representação do Presidente da República, que foi homenageado pelo seu aniversário, agradeceu o convite formulado pelo presidente do Colégio Executivo Nacional da Igreja Kimbanguista, Daniel Sebastião da Silva.
Rosa Cruz e Silva apresentou os cumprimentos pessoais do Chefe do Estado Angolano à comunidade Kimbanguista de Cabinda ao Cunene. Adiantou que é uma grande honra este momento particular da história de Angola, em que se presta tributo a quem há muito se vem dedicando a causa do país e de África.
“A nossa presença neste acto é um sinal inequívoco das boas relações que o Executivo tem com a igreja, sob liderança de Simon Kimbangu Kiangani, líder Espiritual no Plano Universal”. Acrescentou que é também um sinal de respeito  e admiração que o Presidente da República tem para com a igreja angolana, em geral, e em particular com toda a comunidade Kimbanguista.
 A homenagem, disse a ministra, ocorre num momento bastante particular da história angolana, numa altura em que se está prestes a se comemorar os 40 anos da independência nacional, lembrando sempre os melhores filhos da pátria, que deram a seu sangue em defesa da causa da liberdade.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA