Reis do Cuanhama recordados

Domingos Calucipa | Ondjiva
9 de Janeiro, 2016

O contributo que os reis do Cuanhama deram na preservação da história e da identidade nacional está a ser contada, desde ontem, aos jovens do Cunene, especialmente os estudantes, no âmbito do Dia da Cultura Nacional.

A iniciativa, que inclui visitas aos túmulos dos reis Namatya Himbi, na localidade de Okahuva, e Weyulo, nos arredores da cidade de Ondjiva, duas das muitas figuras que passaram pelo Reino Cuanhama, serve para aproximar mais a cultura dos jovens.
O director provincial da Cultura do Cunene afirmou que as duas figuras, com realce para o Rei Weyulo, tiveram um grande protagonismo entre os séculos XVIII e XIX na organização do reinado do Cuanhama e por isso os seus feitos devem ser divulgados à nova geração.  Celestino Vicente explicou que com as visitas a direcção da Cultura pretende recolher mais elementos sobre os soberanos e enriquecer o acervo histórico e cultural da região.“Vamos fazer um levantamento para saber o estado actual desses túmulos”, adiantou o director da Cultura.
As comemorações do Dia da Cultura no Cunene incluem  a realização de uma mesa redonda sob o lema “A cultura nacional como meio de afirmação e valorização da identidade”, além de desfiles carnavalescos dos grupos inscritos para a edição 2016 do Carnaval.
Além destas actividades está programada a apresentação do livro “A História da Universidade Católica de Angola - Da génese à fase actual”, do Padre Apolinário.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA