Representante da Lunda Norte vence com a obra "Mwana Puó"


14 de Junho, 2016

Fotografia: DR

“Mwana Puó”, da autoria do representante da província da Lunda Norte, Graça Fernandes, venceu, no domingo, em Benguela, o concurso Construções na Areia, promovido pelo Banco de Poupança e Crédito (BPC).

O vencedor recebeu um computador portátil, teve direito à abertura de uma conta poupança no BPC e uma bicicleta.
O concorrente da província do Zaire, José Daniel, ficou na segunda posição com um trabalho sobre a rainha NJinga Mbandi,  enquanto Jaime Zola, de Luanda, se classificou  em terceiro, com o desenho de uma sereia. 
Em declarações à imprensa, após o anúncio dos vencedores, Graça Fernandes disse que foi uma batalha difícil, porque teve de praticar o desenho na beira de um rio, ao contrário  dos concorrentes que residem no litoral. 
Graça Fernandes garantiu que vai participar no concurso internacional, no Algarve, onde promete ganhar um troféu para dignificar o país.  A porta-voz da organização, Odeth Rosa, considerou positiva a  realização da final pela grande entrega dos concorrentes, reconhecendo que no país existem talentos, e garantiu mais apoio   com projectos de iniciativa social. 
Graça Fernandes  encorajou o vencedor a desenvolver mais as suas habilidades para dar o melhor de si no concurso internacional. 
O concurso, que teve como presidente do júri o director provincial de Benguela da Cultura, Cristóvão Mário Kajibanga, contou com 18 concorrentes, dos sete aos 18 anos, um de cada província do país.
Testemunharam a cerimónia o governador provincial de Benguela, Isaac dos Anjos, a vice-governadora da província do Cuanza Sul, Maria de Lourdes Viegas, o director regional do BPC, Sidónio Paim, e o administrador municipal de Benguela, Leopoldo Muhongo.
O concurso, que decorre desde o ano passado, visa também despertar o gosto pela arte do desenho às crianças de todas as províncias.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA