Resgate de valores em palco

Roque Silva
18 de Setembro, 2016

Fotografia: DR

O colectivo Tuabixila apresenta hoje, às 20h00, no Centro Cultural Maxinde, em Luanda, a peça “Minha sogra... minha namorada”, que retrata um relacionamento improvável numa sociedade normal.

A peça, de 50 minutos de duração e encenada Sílvio Gravata, narra a história de uma mulher conservadora que se envolve num caso amoroso com o genro, depois do assédio e de uma pressão psicológica da mãe da namorada, a personagem principal da história.
Defensora acérrima de hábitos e costumes antigos e da educação que recebeu no passado, aspectos que exige dos filhos, Eva cai em tentação pelos atributos físicos do namorado da filha, Rosita. Esta cai em frustração e essa cena torna o espectáculo mais interessante.
O espectáculo é uma comédia, escrita por Domingos José Manuel, com um forte cunho pedagógico, no qual se propõe uma reflexão da sociedade para as relações conjugais.
Com a exibição desta peça, o grupo chama a atenção da sociedade, por via de uma comunicação directa com o público, por forma a ajudar a valorizar mais os hábitos, costumes e tradições angolanas, que têm estado a desaparecer.
Namorar com responsabilidade, conservar os valores morais e cívicos, preservar e pôr em prática os conselhos dos mais velhos constam entre os aspectos que motivaram o grupo a encenar a peça.
Fundado a 7 de Março de 2000, por jovens religiosos da Igreja Católica, o grupo Tuabixila conta, actualmente, com 20 integrantes, dos 21 aos 51 anos.
Das 17 peças exibidas pelo grupo, destacam-se “Fatos e fotos”, vencedora do Prémio Cidade Luanda 2009, “Coisa de Luanda”, “Dia do casamento”, “Linhas cruzadas”, “Luanda kianda” e “Luta armada”, com o qual concorreu no Prémio de Teatro Kilamba.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA