Cultura

Revista “Nova Águia” sai na Casa de Angola

A Casa de Angola, em Lisboa, acolheu, no fim-de-semana, o lançamento da vigésima segunda edição da revista portuguesa “Nova Águia”, apresentada pelo Movimento Internacional Lusófono (MIL).

Fotografia: DR

A revista, que vai para as bancas semestralmente, aborda questões culturais dos países lusófonos e tem assumido o propósito de sem qualquer complexo histórico  dar voz às várias culturas.
Em declarações à Angop, o director da revista “Nova Águia”, Renato Epifânio, disse que na presente edição estão em destaque vários temas, dentre os quais trabalhos da artista plástica angolana  Márcia Dias, que tem dado um contributo à divulgação e reconhecimento da cultura de Angola.  
Renato Epifânio acrescentou ainda na abertura da revista que está publicada uma selecção de textos apresentados no V Congresso da Cidadania Lusófona, promovido pelo MIL, em 2017.
De acordo com Renato Epifânio, desde 2008 a  publicação tem sido a  “única revista portuguesa de qualidade que continua a reflectir sobre o pensamento português,  que é a promoção da cultura dos países lusófonos.”
Renato Epifânio acrescentou  que a “Nova Águia” pretende obter o contributo das mais relevantes figuras da cultura lusófona.

Tempo

Multimédia