Roman Polanski é convidado de honra


12 de Agosto, 2014

Fotografia: Reuters

O realizador espanhol Víctor Erice, o cineasta franco-polaco Roman Polanski, e as actrizes francesa Juliette Binoche e norte-americana Mia Farrow vão ser agraciados na 67ª edição do Festival de Locarno, que decorre até 16 de Agosto.

Víctor Erice vai receber o Leopardo de Carreira, o troféu que premeia a totalidade da obra de um actor ou realizador, e o certame vai mostrar vários filmes e curtas-metragens do realizador, que vai estar presente no Festival e durante uma sessão especial vai manter um “diálogo com a audiência”.
O Festival de Locarno - cidade do cantão do Tessino, região sudeste suíça de língua italiana - pretende pôr em evidência “a poesia e profundidade” da filmografia de Erice, cujo trabalho “deixou marca na recente história do cinema europeu”, destaca um comunicado da organização.
Por sua vez, Roman Polanski vai receber “um prémio especial” e ser “o convidado de honra” do festival, segundo palavras de Carlo Chatrian, director artístico do festival.
Roman Polanski vai apresentar, juntamente com a sua mulher, a actriz Emmanuelle Seigner, o seu último filme “Vénus das Peles”, e dar uma conferência magistral. Vai ser a primeira vez em cinco anos que Polanski assiste a um acto público na Suíça, onde foi detido e cumpriu vários meses de prisão domiciliária entre 2009 e 2010.
Polanski foi preso em Setembro de 2009 em Zurique, onde se encontrava para receber uma homenagem pela sua carreira, devido a uma ordem de detenção internacional emitida em 2005, por ter mantido relações sexuais com uma menor nos Estados Unidos. Dois meses mais tarde foi libertado após o pagamento de uma caução de três milhões de euros e posto sob prisão domiciliária na sua residência da reputada estação de esqui de Gstaad, até que a Suíça decidiu recusar o pedido de extradição que recebeu dos EUA.
A actriz francesa Juliette Binoche vai receber o prémio Excellence Award Moët & Chandon, e a norte-americana Mia Farrow é agraciada com o Leopard Clube Award. Além disso, o actor e realizador italiano Giancarlo Giannini vai receber o prémio Excellence Award Moët & Chandon.
A par destes artistas agraciados, este ano o festival conta com a presença de nomes como Luc Besson, Melanie Griffith, Fernand Melgar, Rita Pavone, Alex Ross Perry, Matías Piñeiro, Martín Rejtman, Jason Schwartzmann, Nansun Shi, Aleksandr Sokurov, Agnès Varda e Paul Vecchiali.
Por sua vez, o júri do concurso internacional é presidido pelo realizador italiano Gianfranco Rosi, vencedor do Leão de Ouro do Festival de Veneza 2013, e composto pelo realizador alemão Thomas Arslan, a actriz dinamarquesa Connie Nielsen, o realizador chinês Diao Yinan, assim como pela actriz brasileira Alice Braga.
Precisamente, Carte Blanche, a secção do festival dedicada à pós-produção, vai focar-se no Brasil.
Em parceria com Cinema do Brasil, Carte Blanche apresenta sete filmes brasileiros que vai ajudar a pós-produzir, ligando os seus criadores a profissionais da indústria, como produtoras, programadores de festivais e mecenas. Um dos filmes seleccionados vai obter um prémio de 8.226 euros.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA