Cultura

Romance de Job Monteiro a caminho de Luanda

O romance  “A doença de Salomé”, de Job Monteiro,  foi apresentado no Distrito de Barão Geraldo, em Campinas, no Brasil, e vai ser oficialmente lançado no próximo ano, em Luanda, confirmou ao Jornal de Angola uma fonte da Editora Livronovo.

Fotografia: DR

Na história, o autor aborda a queda de uma das mais importantes fortalezas da resistência contra a colonização portuguesa, em Angola, recriando acontecimentos de 1896 que culminaram com a morte de Numa II, o soberano do reino da Toupeira. Passados 112 anos, os Mbassi, guardiões do reino, renascem das cinzas, visando conferir o título aos verdadeiros descendentes.
“A jovem Salomé luta contra o estigma social so-frido pelo facto de ter epilepsia. Ela ainda não sabe, mas é a única herdeira do reino de Halavala”, conta Job sobre a personagem princi-pal do enredo que transcorre em ambiente de renovação de ideias, desencadeado pelo fim da guerra fratricida em Angola.
“Debates ideológicos, feminismo e religião tornam-se assuntos de todos. Neste mesmo período, paixões e reencontros improváveis acontecem e muitos tomam conhecimento da existência dos fantasmas, um grupo de individualidades que alegam ter a missão de recriar a nova Halavala, o futuro de Angola”, comenta o autor, guardando segredo sobre o desfecho do livro.
Job Monteiro C. Jama António nasceu na cidade do Huambo em 1985.

Tempo

Multimédia