Romancista é distinguida


23 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

O Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, tem patente até 1 de Março de 2015 uma exposição em homenagem a Agustina Bessa-Luís, com 20 painéis ilustrados com textos e fotografias sobre a vida e obra da escritora.

 O director do museu, António Carlos Sartini, referiu em comunicado que a mostra - organizada pelo Museu, pelo Instituto Camões e pelo Consulado Geral de Portugal em São Paulo - é uma oportunidade para os brasileiros conhecerem a autora, que não é muito lida no Brasil.
A exibição descreve a trajectória da escritora desde a sua chegada ao Porto em 1935 até o lançamento do seu primeiro livro como romancista, a novela “Mundo Fechado”, em 1948.
Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa, celebrizada pelo pseudónimo literário Agustina Bessa-Luís, é autora de dezenas de obras, entre romances, contos, peças teatrais, livros infantis e crónicas. A escritora afastou-se da literatura em 2006, por questões de saúde, após o lançamento de “A ronda da noite”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA