Roubada tela em galeria


12 de Janeiro, 2015

Fotografia: Divulgação

Uma pintura do norte-americano George Rodrigue, com valor estimado em 250 mil dólares, que retrata o artista como um cão azul ao lado da sua noiva no dia do casamento, foi roubada, ontem, de uma galeria em Nova Orleães.

A pintura, “Wendy and Me”, de 1997, estava no Rodrigue Studio, no Bairro Francês, em Nova Orleães, quando um homem a tirou da parede e fugiu, num furto que não levou mais de 10 segundos, disse Jacques Rodrigue, filho do artista que ajuda a administrar a arte do pai, já falecido.“Esta não é uma peça de arte que possa ser vendida”, disse Rodrigue. “Estamos realmente ansiosos em tê-la de volta.” A galeria tem partilhado imagens de vídeo do roubo com a polícia de Nova Orleães, disse Jacques Rodrigue. A polícia está no período inicial da investigação, disse um porta-voz da corporação.
George Rodrigue conquistou destaque na década de 1990, devido a uma série de pinturas a retratar cães azuis, feitas com base numa lenda da cultura local sobre um cão ou lobo fantasma que ameaçava assombrar as crianças desobedientes. O artista morreu em 2013, aos 69 anos, de complicações decorrentes de um cancro, disse o filho.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA