"Samba & jazz" apresentado em Luanda

Francisco Pedro |
30 de Julho, 2016

Fotografia: Jefferson Melllo

O Centro Cultural Brasil-Angola (CCBA), na Baixa de Luanda, exibe hoje, às 16 horas, a segunda sessão do filme “Samba & jazz”, um documentário do brasileiro Jefferson Mello. O acesso ao público é gratuito.

Na primeira sessão, que decorreu quinta-feira, a adesão do público foi “excelente”, segundo a directora do Centro Cultural Brasil-Angola, Nidia Klein, que informou ainda que, após a exibição, houve um debate “de alto nível” com o realizador Jefferson Mello, em que os espectadores se mostraram muito interessados em perceber os bastidores do filme.
“Nomes importantes ligados à cultura angolana, de diferentes gerações, como o crítico Jerónimo Bello, a arquitecta Ângela Mingas, a escritora Ngonguita Diogo, o realizador Mário Bastos, se fizeram presentes”, disse a directora, que considerou ter havido uma intensa troca de ideias entre o público e o cineasta, além da curiosidade dos espectadores sobre o novo projecto cinematográfico “Raízes africanas”, uma das razões da presença de Jefferson Mello em Luanda.
A directora Nidia Klein considerou que a exibição de “Samba & jazz” no Centro Cultural Brasil-Angola os laços entre os dois países  e que “é um orgulho para o CCBA receber um realizador de alto nível, como Jefferson Mello, e ser o espaço de divulgação do seu tão talentoso trabalho.”
Acrescentou que foi muito interessante perceber a reacção do público, tanto de angolanos como de brasileiros, e que, no final, todos se mostraram emocionados com o que assistiram. Por outro lado, serviu também para o CCBA celebrar a fusão das culturas angolana e brasileira.
Nidia Klein disse que, durante as conversas que antecederam a vinda do realizador a Luanda, foi possível perceber a sua ansiedade em trazer o resultado do seu trabalho a Angola, para captar as impressões do público, que era o que mais almejava desde o lançamento do documentário.
“Para o CCBA, exibir um documentário que participou de mais de 15 festivais e ganhou dois prémios internacionais também foi motivo de expectativa quanto à receptividade dos que viriam a assistir.”
A vinda do cineasta Jefferson Mello a Luanda teve como objectivo não só a difusão do documentário “Samba & jazz”, como também conhecer personagens e um pouco mais da história da música produzida em Angola para a produção do seu novo projecto intitulado “Raízes africanas”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA