Cultura

Secretário de Estado inspecciona as obras

Mário Cohen

As obras das futuras instalações do Arquivo Nacional de Angola, que está a ser erguido  na zona da Camama, em Luanda, recebeu ontem a visita de uma delegação do  Ministério da Cultura, chefiada pelo secretário de Estado, João Constantino, inserida nas comemorações dos 43  anos da Independência Nacional.

Fotografia: DR

Durante a visita às futuras instalações do Arquivo Nacional de Angola, que estão em fase de conclusão, a delegação do Ministério da Cultura e estudantes do Instituto Superior Kalandula receberam informações detalhadas do engenheiro da empresa encarregada pela obra.
O novo Arquivo Nacional vai armazenar o acervo da instituição que se encontra no velho edifício, na Baixa de Luanda, que neste momento está em estado de degradação avançado.
A caravana integrada pelos directores nacionais daquele departamento ministerial, Euclides da Lomba, Alexandra Aparício, José Pedro e Paulo Kussy, visitou ainda o Instituto Politécnico de Artes (Cearte), onde teve a oportunidade de assistir aulas técnicas de canto lírico, desenho e teatro.
Os responsáveis apreciaram também a exposição de artes plásticas de alunos da 13ª classe, patente no Cearte, inaugurada por ocasião das festividades de mais um ano da Independência Nacional.
A mostra reúne um conjunto de 19 quadros, produzidos nas técnicas acrílico sobre tela e a óleo e seis obras de escultura trabalhadas em troncos de madeira, que ficam expostos até ao final do mês. 
O director nacional do Instituto de Línguas, José Pedro, proferiu ontem, no Cearte, uma palestra sobre a importância das línguas maternas, que são factores de identidade nacional para qualquer nação.
O programa das comemorações do 11 de Novembro reserva ainda várias actividades, com destaque para a gala do Prémio Nacional de Cultura e Artes, às 19h00, no Cine Tropical (sexta-feira).

Tempo

Multimédia