Cultura

Silviano Santiago vence prémio literário

O escritor brasileiro Silviano Santiago, de 81 anos, venceu a categoria romance do 59.º Prémio Jabuti, o mais tradicional troféu literário do Brasil. 

Silviano Santiago foi premiado pela obra “Machado”, que transformou em ficção a última fase da vida do também escritor brasileiro Machado de Assis.
Nesta edição, a autora Verónica Stigger ficou no primeiro lugar da categoria conto, com a obra “Sul”.
Tanto Silviano Santiago como Verónica Stigger vão concorrer como finalistas este ano do prémio Oceanos, antigo prémio Portugal Telecom reúne autores de todos os países de língua portuguesa.
Nesta edição, o Prémio Jabuti trouxe como novidade duas categorias, “História em Quadrinhos” e “Livro Brasileiro Publicado no Exterior”, que foram vencidas, respectivamente, por Gidalti Oliveira Moura Júnior e Raduan Nassar.
Os prémios atribuídos pela Câmara Brasileira do Livro contemplaram obras divididas em 29 categorias nas quais concorreram 2.346 trabalhos.
Os primeiros classificados de todas as categorias vão receber o troféu e 920 euros. Os  segundos e terceiros lugares   ganham o troféu Jabuti.
A cerimónia de entrega do Prémio Jabuti realiza-se no dia 30 deste mês, em São Paulo, quando também vão ser revelados os vencedores do Livro do Ano/Ficção e Livro do Ano/Não Ficção, contemplados, individualmente, com o prémio de 9.100 euros

Tempo

Multimédia