Situação da mulher analisada no teatro

Mário Cohen
3 de Junho, 2016

Fotografia: Domingos Cadência

“A Mulher Não Tem Palavra” é o título da peça do colectivo de artes Muxima ya Ngola que é exibida no domingo, às 19h30, na Rua da Oitava Esquadra, Bairro Prenda, em Luanda, como uma chamada de atenção ao machismo na sociedade angolana.

A peça conta as peripécias de três homens que não aceitam a igualdade de género e assim maltratam as suas mulheres. O objectivo, disse o responsável do grupo, é falar de uma prática errada, mas muito comum nos bairros de Luanda.
Bernardo, Mateus e Paulo, as três principais personagens da peça, procuram mostrar, na peça, que as mulheres não passam de objectos. “É um quadro que precisa ser invertido o mais rápido possível”, disse.
O grupo foi fundado em 2004 e  divulga  o teatro nas comunidades, estabelece  novas parcerias de trabalho com os grupos mais experientes.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA