Actor do Julu quer formação assídua no teatro


5 de Novembro, 2014

Manuel Teixeira, administrador do grupo de teatro Julu, apelou ontem, em Luanda, aos fazedores de artes cénicas para apostarem na formação profissional, no sentido de melhorarem a qualidade dos espectáculos exibidos e contribuírem desta forma para o crescimento do teatro em Angola.

Em declaração a propósito da qualidade do teatro no país, Manuel Teixeira avançou que nos últimos anos têm surgido nas lides teatrais angolanas  vários grupos, uma demonstração do interesse da juventude pelas artes cénicas, mas informa que os integrantes devem aprofundar os seus conhecimentos para que se continue a assistir a obras com qualidade.
Manuel Teixeira garante que a formação profissional e académica dos actores é uma mais-valia para o sucesso dos grupos.
O também actor defende a formação e o talento para que o teatro angolano possa afirmar-se a nível internacional.
Reconhece existir uma queda na qualidade dos espectáculos, mas acredita que com maior aposta em investimentos o teatro vai poder dar o salto que todos almejam.
O Julu existe desde 1992. Actua em várias províncias e já produziu vários radiodramas, spots televisivos e peças sobre teatro nas comunidades. O Julu conta no seu elenco com dez elementos com idades compreendidas entre os 32 e os 45 anos. Vencedor do Festival de Teatro de Luanda em 1999 e em 2000, o colectivo participou na Bienal dos Jovens Criadores da CPLP e em festivais africanos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA