Alciónica de Luanda estreia peça no Soyo

Mário Cohen
14 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Simão Costa

“Julgados por Amor” é o título da peça de teatro que o Grupo Alciónica, de Luanda, estreia hoje, às 20h00, no palco do hotel Nempanzu, na cidade do Soyo, no âmbito das actividades alusivas ao 14 de Fevereiro, Dia de São Valentim, padroeiro dos namorados.

A peça retrata a história de duas famílias que durante várias gerações cultivaram o ódio e a vingança, devido a posições assumidas pelos seus antepassados.
Com duração de 50 minutos, o espectáculo é levado à cena por seis personagens, sendo as principais Manuel e Ariulda, que vivem uma relação em segredo por causa da rivalidade entre as famílias na cidade do Soyo.
Como o amor fala mais alto, os jovens tudo fazem para continuarem juntos. As coisas tornam-se difíceis para o casal, porque alguns elementos das duas famílias montam clandestinamente um plano para os separar.
Manuel e Ariulda tentam descobrir entre os familiares o motivo de tanta rivalidade. A resposta demora. Entre acusações familiares, os jovens tomam a decisão de levar a relação adiante, por não encontrarem motivos de se separarem, por factos que aconteceram várias décadas atrás entre as famílias.
Simão Costa, director artístico do grupo, disse que vão aproveitar a deslocação ao Zaire para troca de experiência com alguns grupos e actores de teatro daquela cidade. “Vamos ter a possibilidade de conhecer mais um pouco a realidade social e cultural daquela região norte do país e enriquecer os conhecimentos sobre a cultura do povo do Soyo”, garantiu.
Fundada a 22 de Março de 2002 por um grupo de actores provenientes de vários grupos de Luanda, o Grupo Alciónica tem o teatro como instrumento primordial para levar a sociedade a reflectir sobre os vários assuntos socioculturais dos angolanos. O Grupo Alciónica exibe regularmente em vários espaços cénicos de Luanda, com destaque para o auditório do Grupo Horizonte Njinga Mbande e Liga Africana.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA