''Bandido do sono'' nas salas de teatro

Manuel Albano |
4 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Cedida pelo grupo

A prática de acções prejudiciais à boa convivência social nos bairros luandenses é tema da peça de teatro “Bandido do Sono” que é apresentada na amanhã às 20h00, na Liga Africana, pelo grupo de Henda Yami.

A peça retrata a vida do jovem Miguel que começa a drogar-se drogas por causa dos maus tratos do seu pai, que quando chega bêbado a casa bate em toda a família.
Miguel, cansado de viver rodeado de problemas, segue os conselhos dos amigos com quem andava, tornando-se mais tarde chefe de uma quadrilha, que é perseguida várias vezes pela perseguida pelos agentes da Polícia, que tenta manter a ordem pública, em especial no distrito urbano do Rangel.
Numa dessas ocasiões registam-se tiros entre os polícias e elementos do grupo.
Miguel consegue fugir e volta a casa. Pressionado pelo pai para se apresentar à Polícia, acaba por o matar acidentalmente. Posteriormente, em mais uma troca de tiros com a Polícia é morto.
José Quiúma, director artístico do grupo, disse ao Jornal de Angola, que o objectivo da peça é fazer com que os jovens reflictam sobre o futuro e o interesse em estudar e terem formação profissional para ajudarem no crescimento do país.
O grupo de teatro, que pertencente a Paróquia da Nossa Senhora de Fátima (São Domingos) e foi fundado em 19 de Dezembro de 2004, no bairro Rangel, é formado por 24 elementos. Entre outras peças, já apresentou “A Força do Amor”, “Amor Odiado”, “O Conflito” e “O Pano de Chão”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA