Brasileiros exibem peça em Luanda


17 de Dezembro, 2015

Fotografia: AFP

Os actores brasileiros Tato Gabus Mendes e Vera Fischer vão apresentar, amanhã e sábado, às 21h00, no hotel Epic Sana, em Luanda, uma peça de teatro intitulada “Relações Aparentes”, uma comédia escrita pelo dramaturgo e encenador inglês Alan Ayckbourn.


“Relações Aparentes” é uma peça que trata com humor uma classe social inglesa. A história narra os desencontros vividos entre dois casais. Greg desconfia que a sua esposa, Ginny, está a trai-lo e decide ir atrás dela numa viagem para supostamente visitar os seus pais.
Na verdade, a jovem está realmente a visitar Philip, o seu amante e um homem bem mais velho, para dar um fim ao relacionamento. Greg segue até à casa do rival e, ao vê-lo com a sua esposa Sheila, acaba por acreditar  que são os seus sogros, o que gera desdobramentos surpreendentes.
Apesar de Ayckbourn ser pouco conhecido no Brasil e em Angola, essa não é a primeira adaptação para os palcos de “Relações Aparentes”. O texto foi montado em 1968 e apresentado no Teatro Copacabana, com um elenco composto por Paulo Gracindo, Tarcísio Meira, Glória Menezes e Yara Cortes, com direcção de João Bethencourt.
Segundo uma nota da organização, a iniciativa enquadra-se no âmbito do intercâmbio cultural promovido pelo projecto Kumoxi.
O projecto conta com a parceira das empresas angolanas NeoVibe e ArtFina Produções, vocacionadas para realizações de iniciativas culturais. Durante a sua estadia no país, os dois actores brasileiros vão orientar palestras, seminários e outros encontros para a troca de experiência com agentes nacionais ligados às artes cénicas.
O programa visa promover e desenvolver, cada vez mais, o teatro em Angola, assim como estreitar a cooperação cultural entre os países de expressão portuguesa, a começar pelo Brasil. “Este projecto pode-se estender por todos os países de expressão portuguesa”, ressalta.
No âmbito do projecto Kumoxi, está prevista a exibição mensal de companhias de teatro, entre 2 a 3 dias em Luanda, e posteriormente são apresentadas nas outras províncias.
O intercâmbio cultural iniciou em Fevereiro de 2015, com a peça “Chuva Constante”, representada pelo actor brasileiro Malvino Salvador. No quadro do projecto, foram também exibidas as peças “Autobiografia Autorizada”, com o actor brasileiro Paulo Betti, em Junho de 2015, e “Amigas pero no Mucho”, com André Gonçalves, em Setembro de 2015.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA