Colectivo de teatro aposta na formação

Adriano de Melo|
19 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

A formação de quadros para melhorar a qualidade das artes cénicas é uma das apostas do Horizonte Njinga Mbande para os próximos anos, afirmou o seu director ao Jornal de Angola.

Adelino Caracol, que falava à margem do encerramento dos cursos de edição de vídeo, operador de câmara e actores, realizado na Chá Caxinde, destacou a importância da formação para os jovens, particularmente nesta fase de reconstrução do país.
Com a paz, referiu, é preciso ensinar os jovens a apostarem e empenharem-se mais na qualidade dos espectáculos apresentados, em especial agora “que há um mercado artístico mais proeminente e aberto a inovações”.
Para o responsável é preciso estar preparado para enfrentar estas mudanças do mercado. “Hoje já não podemos fazer as coisas de forma empírica. Por isso, é fundamental apostar mais na formação dos quadros angolanos. Felizmente, o legado está garantido, já que a aposta é feita principalmente nos jovens.”
Com a conquista da paz, sublinhou, a cultura tem um papel importante na recuperação da identidade nacional, assim como na união dos angolanos, mas para materializar esse propósito é essencial estarmos preparados para assumir o desenvolvimento e contar com o apoio de todos.
O encenador disse que o Horizonte Njinga Mbande tenciona ir mais às escolas e desenvolver o teatro para crianças.
“Além destes projectos, o colectivo de teatro vai apostar na adaptação de obras de autores nacionais e de outros de renome mundial”, anunciou.

A formação

Os cursos de edição de vídeo, operador de câmara e actores, com a duração de quatro meses, nos quais participaram 60 formandos, foram ministrados por professores angolanos, brasileiros e franceses. O actor e membro da direcção do grupo de teatro Damião Kuvula disse que os formandos estiveram divididos em três turmas, para as aulas de edição de vídeo e de operador de câmara, e quatro para a formação dos actores, em artes cénicas para teatro, televisão e cinema.
O próximo ano, prometeu, o Horizonte realiza novos cursos de formação, desta feita para apresentadores de televisão, edições de vídeo e a segunda fase da formação de operadores de câmara.
Para melhor qualidade dos cursos a serem ministrados pelo colectivo e aproveitamento dos formandos, Damião Kuvula afirmou que “o Horizonte pretende criar novos acordos de parceria com algumas instituições de ensino superior internacional, ligadas especialmente as artes cénicas, como a CityVarsity, da África do Sul, a Escola de Teatro Martins Pena, do Brasil, e o Instituto del Cine, localidado em Espanha”.

Estreia


O Horizonte Njinga Mbande estreia no dia 14 de Fevereiro, um espectáculo. Sem revelar ainda o título, Damião Kuvula disse que é exibido pelo Dia dos Namorados.
A estreia de espectáculos naquele dia, acrescentou, já é um hábito do Horizonte. “A ideia é explorarmos um pouco, por intermédio do teatro, a realidade de muitos casais e o amor nos dias de hoje”, disse. O grupo apresenta hoje às 20h30, no anfiteatro da escola Njinga Mbande, amanhã e domingo às 19h45 e às 21h30, no mesmo local, a peça “O Amor Está de Férias”.
O espectáculo conta a história de Amaral, que forja uma viagem de trabalho para poder deixar a mulher e visitar as namoradas, mas acaba também por ser traído.  “O objectivo é chamar a atenção para a importância da fidelidade e a honestidade entre os casais, pois todos os relacionamentos precisam de um compromisso sério”.

Projectos

Além da vertente da formação, o colectivo pretende igualmente aumentar a interacção e a troca de experiências com grupos de outras províncias, principalmente a nível da formação de actores. “É preciso vermos o teatro como um todo que precisa de crescer unido. Por isso o contacto com os grupos de outras províncias, assim como os convites regulares para eles participarem em festivais ou vice-versa são fundamentais”, defendeu.
A nível interno, salientou, o colectivo pretende também reorganizar a sua estrutura, de forma a permitir aos seus actores explorarem mais o emergente mercado cénico, com novas propostas de trabalho.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA