Comédia encerra actividades em Benguela


9 de Setembro, 2014

A falta de amor ao próximo é o foco do novo espectáculo do colectivo de artes Daniel Vemba, do Zaire, que estreou, este final de semana, no Cine Monumental, em Benguela, no encerramento do Festival Nacional de Teatro.


A comédia dramática, interpretada por nove actores, faz uma análise deste problema, tendo como pano de fundo o quotidiano da sociedade do Zaire, em especial o dia-a-dia da juventude. O encenador do grupo, João Machado, explicou que o tema foi escolhido especialmente por vivermos uma nova fase que inclui a construção de mentalidades.
O espectáculo conta a tragédia criada por um pacto de amor ao próximo e inter-ajuda que é firmado numa aldeia pacata, onde os habitantes decidem unir forças para fazer face às adversidades da vida.
O objectivo da peça, adiantou o encenador, foi alertar, por meio do drama e da comédia, o público para a falta de solidariedade com o próximo. “Queremos com a peça mostrar, em especial, a cultura e a mentalidade das pessoas em momentos de crise”, explicou.
João Machado informou que o Festival de Teatro foi um espaço único e especial, particularmente, para a troca de intercâmbio entre os actores e encenadores, assim como o estabelecimento de novas parcerias.
O Festival Nacional de Teatro, que encerrou este final de semana, levou ainda ao Cine Monumental os espectáculos do representante de Malange e do Oásis, grupo que foi o convidado especial desta edição, realizada no âmbito do FENACULT.
Ao todo, dez grupos apresentaram espectáculos de teatro nas salas do Cine Imperium e do União, no Lobito e Catumbela, respectivamente, assim como no Cine Monumental.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA