Cultura

Coordenador de grupo advoga teatro nas escolas

A prática das artes cénicas como actividade extra-curricular deve ser constar nos "curricula" das escolas públicas desde a iniciação até ao II ciclo, defendeu, hoje, em Ondjiva, o coordenador do grupo teatral "Olonguissi", Jeremias Cangombe.

Fotografia: DR

Jeremias Cangombe afirmou que pode contribuir para a mudança de comportamento dos estudantes, por isso, advoga que haja uma disciplina de teatro nas escolas. Segundo o coordenador, o teatro permite, também, divulgar aspectos culturais de várias comunidades, transmitir mensagens para a prevenção de certas doenças bem como a valorização de hábitos positivos.

Tempo

Multimédia