Desemprego levado ao teatro

Roque Silva |
27 de Fevereiro, 2016

As consequências do desemprego nas relações conjugais são analisadas no espectáculo “Ela ama-te” a ser apresentada amanhã, às 19h40, no Cine Kilumba, em Viana, pelo grupo de teatro Jovens Renovadores.

Na comédia dramática com duração de 50 minutos, o desemprego é apresentado como um dos problemas sociais que desestrutura famílias criando fricções nos relacionamentos e provocando separações. O argumento retrata o relacionamento conjugal abalado por desconfianças motivadas por dificuldades financeiras do casal.
Bilga, desempregada, fica comas despesas da casa, e Marcos, o parceiro, um jovem recém-licenciado e também desprovido de emprego, suspeita que a mulher lhe é infiel.
Em quase toda a peça, o marido tenta descobrir o que a parceira faz para arranjar dinheiro para pagar o imposto, a escola dos filhos e garantir a alimentação em casa.
A peça, que segundo o autor e encenador Franklim Bravo é apresentada apenas uma vez por ano devido à carga emocional desprendida pelos actores, é igualmente uma proposta à reflexão sobre o amor. “Até que ponto há amor entre as pessoas, inclusive jovens, que se assumem numa relação a dois?”, interrogou-se.
O colectivo de arte Jovens Renovadores tem-se dedicado à produção de espectáculos que analisam relacionamentos conjugais, nos quais se destaca a peça “O tal casamento”.






capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA