Cultura

Grupo Efetikilo brilha na festa do teatro do Bié

O Efetikilo foi eleito o melhor grupo da quinta edição do Festival de Teatro do Bié, uma iniciativa que visa  homenagear os Mártires do Kuito, que encerrou no domingo, no Cine Sporting, localizado no município sede daquela província.

O júri elegeu o colectivo do Huambo por ter respeitado os requisitos exigidos pela organização, disse o director do festival, Hermenegildo Magalhães, que apontou como critérios de qualificação constavam a pontualidade e a qualidade do espectáculo que apresentou, “além de ser o grupo que melhor se comunicou com o público e com outros grupos envolvidos, em várias actividades realizadas para a troca de experiências”.
O certame nacional, também conhecido como Festival de Teatro Olombangui, por força da organização pertencer ao colectivo cuja denominação significa “Testemunha”, passou a ter carácter competitivo este ano. O Efetikilo venceu a categoria de melhor texto com o espectáculo “Êxodo”, enquanto a peça “Sexo no Casamento”, do grupo Ima Iosso, de Luanda, foi eleita a melhor encenação. O grupo revelação é o Jovens e o Livro, do Bié, enquanto o melhor actor masculino é Jackson Domingos, do grupo Tweia, de Benguela.
Vanessa Kailo, do Etelier de Teatro da Universidade Católica de Angola, em Luanda, é a actriz revelação.
Participaram ainda  os grupos Colectivo de Artes do INE Marista e Omala Vetu Veia (Kuito), Horizonte de Artes (Huambo) e Welwitchia (Namibe).
Roque Silva

Tempo

Multimédia