"Hamlet" estreia nos palcos de Luanda

Manuel Albano
3 de Dezembro, 2015

Fotografia: Paulino Damião

O conto clássico de vingança que leva um sobrinho a matar o tio que assassinou o seu pai e foi imortalizada na literatura pelo escritor William Shakespeare, em “Hamlet”, estreia amanhã, às 20h30, no Hotel Epic Sana, numa adaptação dramática criada pelo projecto “Resgarte”.

O espectáculo de teatro, intitulado “Hamlet: O preço da vingança”, reproduz o mesmo drama vivido pela personagem de Shakespeare, que devido as incertezas sobre o acto de vingança contra o tio começa a ter transtornos psicológicos, ao ponto de conversar com o fantasma do seu pai.
A peça, que tem como personagem principal Kilumba, foi adaptada pelos organizadores para a realidade dos Reinos em África, particularmente ao contexto angolano. O drama, explicou Fábio Medina, um dos membros do projecto, mostra ainda as consequências de dar responsabilidades acrescidas a um jovem.
O cumprimento do dever, acrescenta, que inclui fazer justiça por mãos próprias e honrar o nome do seu falecido pai, desperta em Kilumba, um jovem de 25 anos, incertezas sobre a missão, em especial quando o tio já estava casado com a sua mãe.
O espectáculo analisa a questão do assassinato por razões pessoais e os perigos da ambição desmedida. “Apesar de ser um clássico, a história do livro podem ser parte de situações muito comuns do quotidiano angolano, onde a busca por melhores condições leva, às vezes, a fazer coisas erradas, com sérias consequências”, disse.
Fábio Medina adiantou ainda que a ideia do projecto foi transformar o texto original, mas acrescentando humor negro e metáforas, sobre a traição, vingança, o incesto e a corrupção moral”.
A peça, destacou, foi escrita de uma forma contemporânea, sem limitações no tempo e espaço, de forma a aproximar mais o público angolano do conto. “É ainda uma viagem emocionante, vista de uma perspectiva inovadora e criativa”, justificou.
Com encenação de Emanuel Nkruma Paim, a peça é apresentada novamente, nos dias 11 e 12, às 20h30, no Royal Plaza Hotel, em Luanda. No dia 18, o mesmo elenco volta a actuar no Cine Place, Belas Shopping, em Luanda.
O elenco conta com os actores Emanuel Nkruma Paim, Mayomona Vicente, Isabel Manuel, Quim Fasano, Onésimo Piedade, Lizeth Joaquim, Wime Braúlio Martins, Edson Miranda e Helena Moreno. O projecto “Resgarte” foi criado para incentivar o desenvolvimento das artes cénicas, recorrendo à técnicas tradicionais e convencionais do teatro. A iniciativa tem o seu foco no desenvolvimento de acções culturais que transcendam fronteiras, possibilitando a divulgação do potencial artístico e cultural de Angola. Além destas metas, o projecto tem o objectivo de internacionalizar peças de teatro e estabelecer parcerias sólidas, que envolvam o intercâmbio artístico.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA