Luta Armada inspira actores

Roque Silva |
2 de Fevereiro, 2016

Fotografia: Jaimagem

Os feitos dos nacionalistas angolanos na luta de libertação nacional foi tema da peça  “Angola 40 anos”, apresentada no sábado na comuna do Panguila, no Dande, província do Bengo.

A peça, representada por crianças e adolescentes, teve como palco o Jardim Ecológico Reflexos, e fez parte das actividades em saudação ao 31 de Janeiro, Dia Nacional do Ambiente. Os actores abordaram factos marcantes da história política do país,  com relevância da luta anti-colonial.
A chegada dos portugueses à foz do rio Zaire, em 1482, a fundação da cidade de Luanda, em 1575, o início da luta armada em 1961, a proclamação da Independência Nacional, em 1975, e os progressos alcançados em tempo de Paz também fizeram parte do enredo da peça, montada pelos actores do atelier Kaniaki Cultural.
Um outro grupo do mesmo atelier realizou uma exposição colectiva, com mais de 60 desenhos sobre a fauna e a flora angolana, por formas a mobilizar e despertar a sociedade para o uso racional dos recursos naturais.
O director do atelier, o artista plástico Guilherme Kaniaki, disse ao Jornal de Angola que actividades do género vão decorrer todas as semanas, e pretende abrir novos espaços.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA