Cultura

Luta de poderes e tradição no teatro

Manuel Albano |

“Senhora mundo e os seus maridos” é a peça escolhida pelo grupo Ndokweno Artes, a ser exibida hoje, às 20h00, na Liga Africana, inserido no programa da segunda edição do Circuito Internacional de Teatro, que decorre até 17 de Setembro, em Luanda.

Grupo Ndokweno exibe hoje na Liga a peça “Senhora mundo e os seus maridos”
Fotografia: Edições Novembro |

A luta pela supremacia e o poder. Ao longo dos tempos, a História assistiu à ascensão e queda de impérios. Todavia, a luta pela supremacia desde os tempos remotos aos nossos dias tem prejudicado a própria natureza.
A obra “Senhora mundo e os seus maridos”, conta a história de monarquias e repúblicas ferozmente competitivas, de impérios, revoluções, rivalidades, unificação e utopia. Numa altura em que o futuro do mundo parece mais uma vez incerto, esta peça é essencial para se perceber o passado, futuro e presente. Escrita por José Pires Gonçalves e  encenada por Pinto Nsimba, a peça fala sobre a tendência de revelação massiva, idealizando personagens que fazem agitar, evoluir e até mesmo destruir o mundo num determinado espaço e tempo.
As personagem Arte, Política, Religião e a Ciência, procuram a todo custo explorar a senhora Mundo, sendo a esposa de estimação de todos, que fazem várias experiências profissionais e confrontam-se entre ambas a procura de tirar o maior partido possível sobre os recursos naturais disponíveis à disposição da humanidade. O grupo Ndokweno Artes foi fundado há oito anos no bairro Golfe II.

Tempo

Multimédia