Cultura

Monólogo português em palco luandense

Manuel Albano |

“(A)normalidade” é o título do monólogo da companhia portuguesa “Fernando Gilberto”, um dos grupos estrangeiros convidados da segunda edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT), que é exibido hoje, às 20h00, no espaço Teatro Elinga, na baixa de Luanda.

“Rostos de Loanda a Luanda” foi exibida em Junho no Brasil
Fotografia: Edições Novembro |

Do género sátira, o monólogo coloca em cena uma personagem de nome Pedro, que é um esquizofrénico deprimido que desconfia do tratamento que lhe pretendem impor. O seu estado, assim como o processo de cura levam-no a questionar os fundamentos da sua própria existência, assim como as fronteiras da normalidade instituídas.
Enquadrada também no programa de actividades do CIT, que decorre até 17 de Setembro, está agendada para amanhã, às 20h00, no palco da Liga Africana, em Luanda, a exibição da peça “Por amor”, do grupo Miragens Teatro. A peça conta a história de um casal que passa por vários dilemas como o ciúme e a traição. Depois de cometerem inúmeros erros, entendem que nunca existiu um amor igual ao deles e que em todas as relações conjugais têm problemas.
Com texto do encenador José Teixeira, a peça procura chamar e despertar a atenção dos espectadores, no sentido de um maior diálogo e compreensão entre os casais, de maneira a garantir a paz e harmonia familiar nos casais.
De recordar que o Miragem participou em Junho deste ano, em representação de Angola, no Festival “Yesu Luso - Teatro em Língua Portuguesa”, que juntou cinco países lusófonos, incluindo Moçambique, Cabo Verde, Portugal e Brasil, com o espectáculo “Rostos de Loanda a Luanda”, na cidade de São Paulo.

Tempo

Multimédia