Oásis exibe versão de "Galinha do Mato"

Roque Silva |
16 de Setembro, 2015

Fotografia: Santos Pedro

O colectivo de teatro Oásis, da Força Aérea Nacional, abre, hoje, às 19h00, no auditório da escola Njinga Mbande, em Luanda, a quarta semana de espectáculos do projecto “Temporada Especial de Angola 40 anos-Teatro”, com uma versão da peça “Galinha do Mato”.

O conjunto apresenta o espectáculo, num formato diferente, em que apenas as actrizes sobem ao palco e representam, inclusive, os papéis dos rapazes da peça original, criada em 1997. A actriz Solange Feijó considerou a inovação um desafio que aumenta a experiência do colectivo, a medida em que as personagens sejam bem interpretadas.
“É a segunda vez que a peça é exibida. A estreia aconteceu no Dia da Mulher Africana, a 31 de Julho, na Liga Africana, em Luanda, e obtivemos uma crítica positiva do público. Fazedores de teatro, como directores artísticos, encenadores, dramaturgos, actores reagiram bem e dizem que a história ficou real”, explicou Solange Feijó.
O espectáculo “Galinha-do-mato”, da autoria de John Barata, aborda os problemas causados pela transposição dos comportamentos do campo às sociedades modernas, em especial por pessoas que residem nestas zonas há anos. O Oásis, há 27 anos em actividade, tem apostado, desde a sua fundação em 1988, em peças que promovam e preservem a riqueza cultural dos angolanos, com a realização periódica de digressões nacionais e no estrangeiro.
Além do Oásis, o grupo Julu apresenta hoje, no âmbito do mesmo projecto, no antigo Instituto de Gestão e Cartografia de Angola (IGCA), no distrito urbano do Rangel, a peça “Ainda o Meu Sonho”.
A Temporada Especial de Angola 40 anos-Teatro é uma produção da Cena Livre, que teve início a 26 de Agosto, encerra no dia 25, e inclui a apresentação de 25 espectáculos diários nas salas da Liga Africana,  Elinga Teatro, Instituto Camões e Casa 70.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA