Relações conjugais em drama

Roque Silva |
27 de Junho, 2015

Fotografia: Mota Ambrósio

A companhia de teatro Zénite apresenta hoje, às 19h00, no auditório da escola Odeth Tavares, no bairro São Paulo, em Luanda, o drama “O Chato”, uma chamada de atenção aos casais para alguns motivos que contribuem a deterioração das relações conjugais.

A peça, apresentada no âmbito da Maratona de Beneficência, realça em 45 minutos a ausência de demonstração de amor e diálogo, a falta de atenção e as desconfianças como elementos que contribuem para levar as relações conjugais à falência.
O espectáculo gira em torno de uma história real, com o intuito de estimular nos casais, sobretudo os jovens, o diálogo permanente e evitar relacionamentos precoces.
A peça conta a história de um jovem abandonado pela parceira devido maus tratos. Ele não aceita a separação e faz muitas promessas para reatar o namoro.
O espectáculo atinge o clímax quando descobre que as tentativas de reatar podem ser inúteis com a proximidade de outro pretendente.

Amor à moda angolana

Ainda hoje, às 20h00, no mesmo local, o grupo EK exibe  a peça “Amor à moda angolana”, que narra acontecimentos anormais e comuns vividos por muitos casais.
A infidelidade e a violência doméstica são levados ao palco por quatro personagens.
 O espectáculo conta a história de uma rapariga que mantém relações com mais de um rapaz.
A peça chama atenção para as consequências que  podem advir do envolvimento sexual com mais de um parceiro.
A Maratona de Beneficência termina amanhã com os espectáculos “Filha do Pecado”, do grupo Geração Recente, e “A Infância”, do grupo de teatro da escola Odeth Tavares.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA