Cultura

Segredos do casamento revistos no teatro

Manuel Albano |

Os problemas relacionados com a sexualidade, principalmente dos recém-casados, é o enfoque da comédia “Segredos do Casamento”, do grupo Ima Ioso Teatro, que é exibida, amanhã, às 20h00, no auditório do Instituto Médio Politécnico Alda Lara, em Luanda.

O tabu registado nas relações conjugais contribui negativamente para a separação de casais
Fotografia: DR

A peça, que é uma versão de “Sexo no Casamento”, explora os meandros das relações conjugais, um assunto ainda evitado por muitos casais, devido à sua complexidade. Adaptado do livro homónimo do dramaturgo brasileiro Fábio Marcelo, a peça é sobre alguns tabus vividos entre alguns casais, com maior incidência aos relacionados ao sexo.
O espectáculo, para maiores de 18 anos, aborda temas sem censura, tendo em conta as expressões e representações de nudismo, disse, ontem ao Jornal de Angola, o encenador Plácido Lopes.
Marco António e Maria Luísa contraem matrimónio, mas esta nega ter relações sexuais na noite de núpcias, pois defende que deve perder a virgindade 48 horas depois do casamento.
O marido decide ouvir programas de rádio para descontrair e num deles escuta que o mundo pode desaparecer a qualquer instante, o que leva Maria Luísa a entregar-se ao esposo. Este, por sua vez, recusa-se a satisfazer a vontade da parceira.
Um assunto delicado, disse, cuja abordagem é evitada por muitos. O casal procura uma solução para não destruir o seu casamento. É possível manter um casamento sem sexo? Será o sexo a base fundamental de um casamento? Questiona o encenador.
Essas são algumas questões que vão ser levadas à reflexão amanhã, na peça que foi considerada Melhor Espectáculo de 2005, no Festival 1.º de Maio.  A peça já foi exibida nas províncias de Malanje, Uíge, Benguela, Huambo, Cuanza Norte e Bengo.

Tempo

Multimédia