Teatro no Cazenga com pouca adesão


15 de Janeiro, 2016

A criação de mais grupos de teatro no município do Cazenga  é necessária por haver uma redução do número de colectivos de arte na municipalidade, disse ontem o director da Globo Dikulo, organizadora do Festival Internacional de Teatro do Cazenga.

Em consequência da redução do número de grupos de teatro, o  Festival Internacional de Teatro do Cazenga (Festeca) deste ano conta com  poucos integrantes do município, disse Orlando Domingos informou que na  reunião técnica sobre as candidaturas ao Festeca 2016,  no Centro de Animação Artística do Cazenga, foram apresentadas dez candidaturas estrangeiras, um número considerável  de grupos de outras províncias, municípios e Distritos de Luanda, e apenas cinco do Cazenga.
O director da Globo Dikulo lamentou o facto de os poucos grupos activos do Cazenga terem problemas   organizacionais e estruturais. A primeira edição do Festeca foi realizada em 2006 e contou com a participação de grupos dos municípios do Cazenga, províncias do Bengo, Benguela, Malanje, Cuanza Sul e um grupo do Brasil.
O Festeca junta pessoas, grupos e companhias de teatro amadores e profissionais para  fazerem a Festa do Teatro no Cazenga,   norteado pelo espírito de solidariedade artística, desenvolvimento cultural e intercâmbio juvenil, com a finalidade de estimular o desenvolvimento do teatro nacional e promover o intercâmbio entre os artistas e o público.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA