Teatro tem vida em Viana

Roque Silva |
22 de Janeiro, 2016

Fotografia: Santos Pedro |

O colectivo Jovens Renovadores abre amanhã, às 19h20, no Cine Kilumba, em Viana, com a apresentação da peça “A Corda”, uma temporada especial, com objectivo de dinamizar as artes cénicas no município.

O projecto prevê a apresentação de espectáculos todas as sextas-feiras, sábados e domingos, assim como a promoção de cursos básicos e técnicos de interpretação, caracterização e montagens de peças.
O criador e responsável pelo projecto, Franklim Bravo, disse que a intenção é dinamizar o teatro, munir os grupos com conhecimentos e promover a aproximação e troca de experiência. A ideia, explicou o encenador, é melhorar a qualidade dos espectáculos e atrair um público maior e mais diversificado. Franklim Bravo elogiou também outros projectos como o Festival de Viana (FestiVi), produzido pela companhia Monte Sinai, e o Actuar, do Champagne Teatro, que têm ajudado a dinamizar o teatro no município. Além destes, disse, outras iniciativas, como Se Wandala, do Zango 1, Experimental e Renascer, ambos do bairro Luanda Sul, têm motivado o ressurgimento de grupos de referência.
Em relação a peça “A Corda”, que é novamente apresentada no domingo, à mesma hora, Franklim Bravo disse ser uma crítica e reflexão sobre os problemas sociais de Angola. A peça, com a duração de 45 minutos, tem a participação de cinco actores. Temas como corrupção, pedofilia e a gravidez precoce são outros aspectos narrados no espectáculo, encenado por Franklim Bravo.
No próximo final de semana o palco do Cine Kilumba está reservado ao grupo de teatro Monte Sinai, que apresenta o espectáculo dramático “Liberdade”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA