Temer recua e cria ministério


23 de Maio, 2016

Durou dez dias a decisão do Presidente em exercício do Brasil, Michel Temer, de extinguir o Ministério da Cultura. Após críticas e muita pressão da classe artística, Temer recuou e decidiu repor a pasta.

O novo ministro é Marcelo Calero, que tinha sido anunciado secretário nacional da Cultura. A decisão foi divulgada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, de quem Calero seria subordinado. Segundo Mendonça Filho, a decisão é um gesto do Presidente no sentido de “serenar os ânimos”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA