Cultura

Tenor italiano Pavarotti faleceu há uma década

O tenor italiano morreu a 6 de Setembro de 2007, na sequência de um cancro no pâncreas. Luciano Pavarotti foi considerado o “maior tenor do mundo” desde o desaparecimento do “Enrico Caruso” em 1921.

Luciano Pavarotti (à direita) falecido há dez anos foi considerado o “maior tenor do mundo”
Fotografia: Reuters |

De barba escura e sorriso cativante, era dotado de uma das mais excepcionais vozes do mundo e uma das mais caras, também. Passou por palcos prestigiados como o Scala de Milão ou a Metropolitan Opera de Nova Iorque. Nascido a 12 de Outubro de 1935 em Modena, no norte de Itália, primeiro decidiu dedicar-se ao ensino, mas optou definitivamente pelo canto em 1961. Tinha como ópera preferida ‘A Boémia’ de Puccini e foi essa mesma obra que lhe trouxe um êxito notável pelos quatro cantos do mundo.
Com uma voz capaz de cantar qualquer estilo de música, formou duetos com Sting, Joe Cocker, Elton John ou Mariah Carey em prol de causas humanitárias, o que provocou desagrado por parte de alguns críticos.
Durante a década de 90, formou juntamente com Plácido Domingo e José Carreras um grupo chamado ‘Os Três Tenores’, que até 2004 deu concertos por todo o mundo. Pavarotti actuou duas vezes em Portugal.

Tempo

Multimédia