Cultura

Tenor Nelson Ebo em festival de ópera

O tenor Nelson Ebo participou num festival de ópera e teatro musical, no Estado de Utá, nos Estados Unidos, no papel de Pinkerton, com a soprano Kristin Vogel, na produção “Madame Butterfly”, que decorreu num conceituado local para criações do género.

Tenor angolano participou na produção “Madame Butterfly”
Fotografia: Edições Novembro

A Embaixada de Angola nos EUA, em comunicado, informou que no evento, que decorreu de 7 de Julho a 6 de Agosto, o tenor angolano Nelson Ebo, radicado no país, apresentou um repertório de Mozart, Tchaikovsky, Verdi, Puccini, Bizet e Wagner.
 O evento realizou-se num conceituado local para produções de teatro, de música e filmes clássicos. No mesmo local são igualmente apresentados concertos, óperas, palestras, musicais, peças de teatro, recepções, para além de ser a Academia e a Ópera infantil.
Para além do continente africano, o jovem tenor angolano, conta  no seu vasto reportório com várias apresentações na Europa. Esta foi a estreia oficial de Nelson Ebo na Ópera dos Estados Unidos em plena produção. Eles também vão ser os solistas soprano e tenor no “Verdi Requiem” do Festival de Verão 2017. Enquanto estudava e cantava em Itália, Alemanha, Espanha, Nelson Ebo, teve a oportunidade de cantar para artistas de renome internacional como Plácido Domingo, Mariella Devia, Raina Kabaivanska, Marcello Giordani e Marilyn Horne.
Nelson Ebo é detentor de inúmeros prémios de prestígio das Fundações Gerda Lissner e Giulio Gari, da Opera North e, mais recentemente, participou como convidado no concurso Internacional Hans Gabor Belvedere na Cidade do Cabo, na África do Sul.
Nelson Ebo nasceu  em 1984. Com a sua poderosa voz de tenor e alma musical, Nelson conseguiu libertar-se de dificuldades ao inspirar todos aqueles que o ouviram.
Aos 14 anos, o tenor foi introduzido pela primeira vez na música coral da sua igreja local.

Tempo

Multimédia