Tudo pronto para o festival

Manuel Tomás | Sumbe
19 de Setembro, 2014

A organização do Festival Internacional de Música do Sumbe (Festisumbe), que começa hoje na capital do Cuanza Sul, disse que têm todas as condições criadas para brindar o público com o melhor da produção nacional e estrangeira.

Ao contrário das edições anteriores, realizadas na Avenida Marginal do Sumbe, este ano, a organização mudou o palco para um outro espaço, localizado onde era antes o complexo hoteleiro da Catermar. Esta mudança, explicou a organização, foi decidida à última da hora e deve-se ao facto da Marginal do Sumbe estar a ser reabilitada.
Os músicos Yuri da Cunha, Bangão, Euclides da Lomba, Cristo, Yannick, Kagibua, Tio Cardoso, os Destroia, Banda Maravilha , Therry Cham e Yves Honore, de Guadalupe, e Boy G Mendes, de Cabo Verde, são os destaques do espectáculo de hoje.
O responsável técnico do Sector Sete, Valter Silva, explicou que o palco foi montado de forma a facilitar a interacção entre os músicos e o público. A par desta estrutura, foram também construídas duas cabinas especiais para os convidados VIP. A Sector Sete é a empresa encarregue da montagem do equipamento.
A aparelhagem sonora é da responsabilidade da Rádio Vial, enquanto a iluminação e a questão da energia são da incumbência do Governo Provincial.
O director provincial dos Serviços de Emergências Médicas (INEMA) garantiu que também têm as condições criadas para prestar assistência pré-hospitalar aos espectadores, na eventualidade de haver casos de traumatismo. 
Os serviços, informou, incluem ambulâncias com suporte básico, viaturas de intervenção rápida e motas ambulância.
O Comando Provincial da Polícia Nacional anunciou que estão mobilizados mais de 500 efectivos para garantirem a segurança da 14ª edição do festival. O Festisumbe é organizado pelo Governo do Cuanza Sul e pela Casa 70.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA