Turismo pela rota de Nobel


27 de Outubro, 2014

Fotografia: Divulgação

O Governo da Colômbia apresentou um projecto de valorização e promoção do turismo cultural, que inclui os lugares emblemáticos por onde passou o Prémio Nobel de Literatura Gabriel García Márquez, falecido este ano.

A proposta, que é um Projecto Lei e procura honrar o legado do autor de “Amor em tempos de Cólera”, é apresentada dentro de dias ao Parlamento para aprovação.
A ideia prevê ainda a criação de um projecto para fomentar o turismo em torno do circuito cultural do famoso escritor colombiano, através de caminhos urbanos e paisagísticos por onde o autor passou, feitos pelos jornais colombianos.
A iniciativa inclui a conservação dos bens e espaços relacionados com o universo de García Márquez, entre eles uma igreja e o escritório de um telegrafista em Aracataca, na cidade de Magdalena onde nasceu o escritor, assim como o Parque Cultural de Barranquilla. De acordo com a proposta vai ser criado um programa de bolsas para futuros jornalistas e cineastas. O Projecto Lei sugere ainda a emissão de bilhetes de passagem e moedas com o rosto do autor de livros como “Crónica de uma morte anunciada”.
Novelista, contador de histórias, argumentista, editor e jornalista colombiano, Gabriel García Márquez, que faleceu no México a 17 de Abril deste ano, foi laureado, em 1982, com o Prémio Nobel de Literatura. A sua obra “Cem anos de solidão”, possivelmente a mais famosa de todas, é considerada um ícone do realismo mágico.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA