Cultura

Concurso de cinema PALOP-TL EU estreiam no final deste mês

Cabo Verde participa no programa  PALOP-TL EU com o filme “Hora di Bai” da realizadora e produtora Samira Vera-Cruz, um documentário rodado em Santiago e que, segundo a cineasta, em declarações ao “Expresso das Ilhas”, tem o foco nos rituais da morte, com a fusão de matrizes culturais africanas e europeias.

Fotografia: Edições Novembro |

 Foram seis projectos seleccionados neste concurso que assinala os 25 anos do programa de cooperação regional com a União Europeia, de que os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor Leste são beneficiários.Os filmes estreiam nas televisões
dos respectivos países na mesma data, a 29 de Setembro, e depois vão ser editados em formato DVD.
Na fase de pré-produção, os jovens cineastas de cada um dos países africanos de língua oficial portuguesa e de Timor Leste participaram num seminário em  terras moçambicanas. É neste país que Samira Vera-Cruz vai abrir o festival Kugoma, oitavo fórum de Cinema Moçambicano, que acontece de 28 a 30 deste mês, com “Buska Santu”.

Tempo

Multimédia