Cultura

"Tyitundu-Hulu" é lançada no Camôes

A antologia de poesia “Tyitundu-Hulu-linguagem do canto rupestre” é lançada, amanhã, às 18h30, no auditório Pepetela, do Camões-Centro  Cultural Português, em Luanda.

Numa parceria entre a Editora Mayamba e  o  Movimento Lev’Arte,  a obra junta  140 poemas de doze poetas, na sua maioria membros da Brigada Jovem da Literatura, que abordam sentimentos, afectos, amores e  paixões.
A antologia contém textos que exaltam a   região do Sul, numa vigem que evoca os povos do Kuroca, “cantados” pelo poeta e antropólogo Ruy Duarte de Carvalho, em "Vou lá visitar pastores".
O poeta David Capelenguela, na nota introdutória da obra, scom o título "Viagem ao Deserto A Voz e o Sentido em Sincronia", refere que “Da herança pastoril herero/ à travessia do Calahari em busca da linguagem do canto/ rupestre/Até alacançar o balbuciar marítimo/Na recomposição pesqueira do dizer quimbar".

Tempo

Multimédia