Urso de Ouro para Panahi


20 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Reuters

O realizador iraniano Jafar Panahi, proibido de trabalhar no Irão e de viajar para o estrangeiro, foi distinguido no Festival com o Urso de Ouro pelo filme “Táxi”.


O prémio foi entregue a uma sobrinha, Hana Saeidi, que participa no filme como actriz.
Os Ursos de Prata foram para Charlotte Rampling e Tom Courtenay, que protagonizam “45 Years”
O júri distinguiu com dois Ursos de Prata para o melhor realizador ao romeno Radu Jude, por “Aferim”, e à polaca Malgorzata Szumowska, por “Body”.
O Grande Prémio do Júri foi atribuído ao realizador chileno Pablo Larrain, por “El Club”.
“El Boton de Nacar”, do outro realizador chileno, Patrício Guzman, o único documentário em competição, foi distinguido com o Urso de Prata para o melhor argumento.
O prémio Alfred-Bauer, que distingue anualmente “um filme que abra perspectivas na arte cinematográfica”, foi atribuído a “Ixcanul”, primeira obra do guatemalteco Jayro Bustamante, que conta a história de uma jovem maia que sonha abandonar o campo.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA