Vida de Amy Winehouse em documentário


6 de Abril, 2015

Fotografia: Reuteres |

Os receios juvenis da falecida cantora britânica Amy Winehouse, vencedora de seis prémios Grammy, em relação à fama mundial, são revelados num novo documentário.

Amy Winehouse morreu de intoxicação alcoólica há quatro anos na sua casa em Londres, aos 27 anos, depois de lutar contra a bebida e as drogas durante boa parte da carreira.
“Não acredito que venha a ser famosa, julgo que não conseguiria aguentar. Provavelmente enlouquecia”, diz a cantora num dos momentos de “AMY”, que estreia em 3 de Julho e com cenas e canções inéditas.
O filme, realizado por Asif Kapadia, que foi distinguido com um prémio Bafta pelo documentário “Senna”, sobre o piloto brasileiro de Fórmula 1 Ayrton Senna, mostra Amy Winehouse ainda jovem a cantar e a falar sobre a sua carreira musical, enquanto se ouve como música de fundo uma versão do sucesso “Back to Black”. Considerada das artistas mais talentosas da sua geração, os álbuns de Amy Winehouse, com canções como “Valerie”, “You know I’m no Good” e “Rehab”, venderam milhões de cópias. “Nunca pensei que viesse a ser cantora de renome internacional. Acreditava apenas ter sorte por ser algo que posso fazer e querer”, disse a cantora no documentário.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA