Vida de bolseiro contada em livro


11 de Julho, 2015

O escritor Moichele Katonhe lança no final do mês, em Catete, o livro “Praia Vermelha do Icolo e Bengo ao Rio de Janeiro”, uma ficção com seis capítulos, cuja narrativa se baseia em acontecimentos reais.

A narrativa faz referência à vida de estudantes bolseiros no exterior e das suas famílias que tudo fazem para apoiá-los para não passarem dificuldades, e é fruto da experiência vivida no Brasil como bolseiro e a sua infância passada no município de Icolo e Bengo.
Moichele Katonhe  é pseudónimo literário de Moisés António. Nasceu em Luanda, em 1958.
Katonhe publicou seis livros, “Prevenção Contra Minas Terrestres”, em 2007, “Gritos Surdos e Outros”, em 2008.
No ano segunte, publicou,  “Transparência I apontamentos sobre Inspecção e Auditoria Interna”, em 2010, o livro “À Luz do Contraste”, e em 2011, “Dicionário Militar”, enquanto que em 2012, “Estórias e Crónicas Entrelaçadas”, esta última lançada no Panguila, na e que retrata a convivência, usos e costumes do povo do município de Icolo e Bengo, particularmente das áreas da comuna de Bom Jesus, pela sua fortificação e conservação da identidade cultural, como forma de transmitir conhecimentos da região á nova geração.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA