Vida do nacionalista no auditório Pepetela

Roque Silva |
25 de Setembro, 2015

O espectáculo “Hoji ya Henda”, uma narração resumida do percurso histórico do herói e nacionalista angolano, é apresentado hoje, às 19h00, no auditório Pepetela, no Instituto Camões, em Luanda, pelo grupo Diassonama.

A representação, uma adaptação da história do livro “A Pide na rota de José Mendes de Carvalho”, de Dino Matross, acontece por ocasião da “Temporada Especial de Angola 40 anos-Teatro”.
O espectáculo, com a duração de uma hora, mostra as influências políticas e sociais, assim como enaltece a bravura e qualidades de Hoji ya Henda, até a sua morte. A peça, disse o encenador do grupo, permite divulgar alguns dos feitos do nacionalista, pouco conhecidos pela juventude, e desfazer confusões e inquietações à volta da sua morte.
“Dois dois seis personagens da peça contam as circunstâncias em que ele foi morto em combate”, referiu Elias Nunda, que destacou a importância do espectáculo no estatuto de Hoji ya Henda como símbolo da juventude angolana, durante a época que vigorou a luta pela independência de Angola contra o regime colonial português.
O Diassonama está há 16 anos em actividade e além das peças “Por amor”, “Filhos da tragédia”, “O Jango da bebedeira” e “Entre um quarto e Sala”, o grupo, afecto à Paróquia de São Joaquim, tem apresentado espectáculos que promovem a paz e a preservação da cultura nacional.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA