Vídeo arte nos prédios de Luanda

Francisco Pedro|
12 de Setembro, 2014

Fotografia: Cedida pelo artista

O I Festival Internacional de Vídeo Arte, Mega Projecções e Vídeo “Mapping”, denominado “(V) JingaLuanda”, abre hoje às 20h00, com projecções nos prédios que estão entre o Largo do Baleizão e a Igreja dos Remédios, em Luanda.

As mega projecções de vídeos são resultado de um seminário realizado recentemente, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, no qual que participaram profissionais de jornalismo, fotografia e cinema e teve como formadores Miguel Petchkovsky, Alexis Anastasiou e Dudão Melo.
Participaram ainda no seminário os videoastas Abel Domingos Mutanduki (DJ Kapa), Aladino Jasse, Bento da Cruz, Delson Fortunato, Edson Guerreiro, Fernando de Almeida ( Afro G), Francisco Keth, Garcia Marcos António (Filing), Gil Lucamba, Jaime Augusto Sebastião, José João Baptista (Sem Makas Baptista), Louro António Domingues, Manuel de Almeida Melo (Enoque), Marisol Kadiegi, Mel Gamboa, Ngola Nofre e Rosário Viana.
As projecções monumentais, também trabalhos de autores estrangeiros, são também feitas amanhã entre as 20h00 à meia-noite e incluem outros atractivos, como a música a cargo de Dj angolanos e brasileiros. O objectivo é transformar a rua Rainha Ginga num espaço público de arte aberta a todos. O “JingaLuanda”, que faz parte do FENACULT, é uma parceria da empresa de produções visuais e música Visuafarm, com o Festival Vídeo Guerrilha, de São Paulo, Brasil.
O brasileiro Alexis Anastasiou, director da Visualfarm e do Festival Vídeo Guerrilha, e Miguel Petchkovsky, curador da Time Frame Foundation, de Amesterdão, são os curadores gerais. Miguel Petchkovsky disse que, entre outros, o objectivo é ajudar a revitalizar a área histórica de Luanda e incentivar a sua valorização arquitectónica, ocupando as ruas, fachadas e prédios com diferentes técnicas projectivas. O “ (V) JingaLuanda” contou com o suporte e a participação de profissionais do Instituto Angolano de Cinema, Audiovisual e Multimédia (IACAM) que participaram tanto na criação dos vídeos, como na edição das criações dos participantes angolanos. A Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisual também participou na actividade.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA