Cultura

Vivência do San retratada em livro

Mário Cohen

Um convite para uma viagem ao passado, presente e futuro da comunidade San de Angola, que vai ajudar no entendimento da transformação do seu estilo de vida nómada para algo diferente, aproximado ao sedentário, é o foco do livro “Quotidiano San”, de Salvador Ferreira.

Fotografia: Dr

No livro que chega ao mercado dia 15 de Março, no Espaço Verde Caxinde, sob a chancela da Chá de Caxinde, Salvador Ferreira realça a trajectória de mu-danças da comunidade San, que começou com a mi-gração Bantu e a coloniza-ção europeia, e continua até hoje.
O livro contém também a história da comunidade San, antes e depois da Independência e após o fim da guerra civil em Angola, os principais factores responsáveis pela transformação do seu modo de vida e os desa-fios que eles enfrentam nesta transição.
O livro de Salvador Ferreira convida a sociedade a participar nesta longa viagem que se pretende seja calma, pacífica, sem paternalismos e traga benefícios recíprocos. Com 156 páginas, ilustradas com 86 fotografias, que espelham o quotidiano da comunidade San, o livro vai ser apresentado pela historiadora e antiga ministra da Cultura Rosa Cruz e Silva. Numa primeira fase o livro vai estar, apenas, disponível para venda na livraria Chá de Caxinde.
Segundo o autor, depois do lançamento em Luanda, o livro vai ser apresentado nas províncias da Huíla, Cu-nene e Cuando Cubango, por serem regiões onde habitam os povos San.
Salvador Ferreira nasceu no Golungo Alto, província do Cuanza-Norte. Formou-se em Fotografia no Reino Unido. Publica, em Julho de 2011, o seu primeiro livro, “Parcerias Público-Privadas em Angola.

Tempo

Multimédia