Cultura

Voto on-line do Moda Luanda é obrigatório

Roque Silva

Os visitantes da página electrónica da produtora Step Models, www.modaluanda.com, criada para tornar a presente edição do prémio Moda Luanda mais acessível ao público, devem votar em todas as categorias, a partir do momento em que o fizerem numa delas, informou ontem Kayaya Júnior.

Step Models quer que a edição deste ano do concurso seja mais abrangente e de acordo com a vontade do público amante de arte
Fotografia: Jornal de Angola

Os visitantes da página electrónica da produtora Step Models, www.modaluanda.com, criada para tornar a presente edição do prémio Moda Luanda mais acessível ao público, devem votar em todas as categorias, a partir do momento em que o fizerem numa delas, informou ontem Kayaya Júnior.
Como um dos responsáveis pela produtora, Kayaya Júnior disse ao Jornal de Angola que, caso o internauta vote num artista de sua preferência, deve, de imediato, escolher uma outra personalidade noutra categoria, se não o voto é nulo.
O organizador do Moda Luanda fez saber que este é um troféu e não um concurso onde as personalidades se apresentam como concorrentes. Os troféus Moda Luanda, explicou, são prémios entregues por iniciativa de alguém que decide prestigiar os músicos, profissionais de jornalismo e entretenimento, criadores de moda e de eventos culturais que mais se destacaram na sociedade.
Acrescentou que os candidatos são escolhidos por um leque de profissionais das várias áreas. “Sete profissionais de cada categoria têm em sua posse uma lista com vários nomes e os quatro mais votados passam a finalistas”, esclareceu, respondendo às constantes reclamações sobre os premiados.
Kayaya Júnior explicou que a 14ª edição do troféu Moda Luanda, a ser realizado no dia 26 do corrente mês, junto ao largo 1º de Maio, vai premiar e distinguir personalidades e eventos culturais que mais se destacaram em 2010.

Categorias e candidatos

Tendo como tema “Os Oceanos”, informou que os vencedores são encontrados em três áreas de votação, “Televisão”, “Moda” e “Música”. “Cada uma delas tem as suas respectivas categorias, divididas por quatro candidatos”, aclarou.
A votação, que termina no dia 25 de Fevereiro, tem as seguintes categorias e candidatos: “Melhor Actriz” 2010 – são candidatos Érica Tchissapa, Micaela Reis, Júlia Buta e Ivone Lara; “Melhor Actor” - Gilmário Vemba, Luís Kifas (Sidónio), Borges Macula e Costa Vilola; “Melhor Apresentador de Informação” - disputam Amílcar Xavier, Carla Castro, Analtina Dias e Ernesto Bartolomeu; “Melhor Apresentador de Entretenimento” - estão Patrícia Pacheco, Sérgio Rodrigues, Mara D’alva e Pedro Nzagi.
No que concerne à Moda, disputam o título de “Melhor Manequim Feminino” Vânia Vilela, Letícia Moura, Sharam e Elsa Mussengue. Na disputa de melhor “Manequim Masculino” estão Dodó, Seco Camará, Freddy Costa e Joca, enquanto que na de “Manequim Revelação” disputam Roberta Narciso, Leo, Maria Borges e David Longo. Para a de “Criador do Ano” estão Avelino Nascimento, Nadir Tati, Shanguin e Luena Ferreira.
Na Música estão a disputar para “Melhor Artista/Grupo de Música Popular” o grupo Kituxi, as Bandas Movimento e Maravilha e os Irmãos Almeida.
Na de melhor “Artista/Grupo de Música Moderna” disputam Big Nelo, Zona 5, Sandokan & Army Squad e Walter & Nicol Ananás. Para “Melhor Intérprete Masculino” disputam Puto Português, Danny L, Yuri da Cunha e C4 Pedro, enquanto que para “Melhor Intérprete Feminino” estão Yola Semedo, Própria Lixa, Ary e Pérola.
Os finalistas à categoria de “Artista Revelação” são Cabo Snoop, Os Degala, C4 Pedro e Gisela Silva. Na de “Álbum do Ano” estão “Geração do Semba”, de Puto Português, “Minha Alma”, de Yola Semedo, “Lágrimas”, de C4 Pedro, e “Em nome do Amor”, de Yola Araújo. Para melhor “DJ” aparecem Kapiro, Djeff, Paulo & Ricardo Alves e Malvado.
Na categoria de “Espectáculo” e respectivos Produtores competem o show de R. Kelly, produzido pela STEP e a Unitel, dos Kassav, das Produtoras Associadas, Paulo Flores ao vivo, da Terra Produções e Casa 70, e Pérola, da LS Produções.
Mais de 30 manequins femininos e 15 masculinos vão desfilar na presente edição do troféu e levar à apreciação do público os trabalhos de novos e potenciais estilistas.
A gala vai apresentar, em 16 desfiles, o melhor da moda africana e as colecções de conceituados criadores de moda nacional, como Avelino Nascimento, Tina Souvenir, Indical Barbosa e Elizabeth Santos.

Tempo

Multimédia