Cultura

Yuri da Cunha promove concerto em Cabo Verde

Yuri da Cunha, Justino Delgado, Loony Johnson, e o agrupamento “Cotxi Pó” são os cabeças-de-cartaz da 28.ª edição do Festival da Praia d’Cruz, que se realiza nos dias 25 e 26 em homenagem ao falecido músico Abel Lima.

Fotografia: Jaimagens| Edições Novembro

A Câmara Municipal da Boa Vista decidiu homenagear, postumamente, o “mítico músico”, em reconhecimento pela forma como soube imortalizar Cabo Verde e particularmente a povoação de Curral Velho, seu torrão natal, nas suas interpretações por este mundo fora.
A abertura esta agendada para sexta-feira, às 20h00 com actuação de DJ residentes, ao qual se segue “Vozes D’Bubista”, num dia que vai estar marcado por actuações do guineense radicado em Portugal Justino Delgado, da banda de funaná “Cotxi Pó” e Rapazis Di Belo Freire & Nildson Lila.
O artista do Mindelo Constantino Cardoso & Banda vai cantar músicas de Carnaval e vai caber a Djodje & Banda encerrar a primeira noite do certame.
O sábado vai ser dedicado a actuações de Roby & Banda, Cordas do Sol & Ceuzany, Loony Johnson & Banda, Elji & Banda e ao show man angolano, Yuri da Cunha.
Yuri da Cunha, cantor angolano,  nascido no sumbe, província do Cuanza-Sul, no dia a 13 de Setembro de 1980. Com apenas três anos de idade, Yuri foi levado pela família para Luanda, por causa da guerra. Vivia perto dos tios, do irmão, do pai e quase toda a família da mãe. A adaptação, foi fácil.
Yuri da Cunha iniciou-se na sua infância, assistindo aos ensaios do conjunto “Os Kwanzas”, onde o seu pai, Henrique da Cunha “Riquito”, era um exímio guitarrista.

Tempo

Multimédia