Desporto

1º de Agosto “ergue” Francisco de Almeida

Teresa Luís

O 1º de Agosto conquistou ontem o sexto título da Supertaça “Francisco de Almeida”, em andebol sénior masculino, ao derrotar por 24-23, o Desportivo da Marinha, após prolongamento, em partida disputada no Pavilhão Palanca Negra Gigante, Malanje.

O resultado apertado, diferença de um golo, evidencia o equilíbrio registado no encontro. Apesar dos militares estabelecerem o parcial de 14-10, ao intervalo, no reatamento os marinheiros acreditaram na reviravolta e igualaram a 20 golos.
No prolongamento, os agostinos às ordens de Filipe Cruz precisaram de puxar dos galões e recorrer à experiência competitiva para conquistar o primeiro troféu da época. O Desportivo tecnicamente orientado por Nelson Catito, lutou até à exaustão, mas foi incapaz de erguer o troféu inédito.
Adilson Maneco e Francisco Cassange foram os melhores marcadores do desafio. />Em femininos, o 1º de Agosto ganhou a segunda taça ao vencer o Petro de Luanda, por 31-23, com o parcial de 15-12, ao cabo dos primeiros 30 minutos. As militares não se deixaram intimidar pela entrada de rompante das petrolíferas, tendo estabelecido o parcial de 0-5, jogados 6 minutos.
Na sequência, as agostinas concentraram-se e igualaram a partida. Na segunda parte, as rubro e negras foram mais aguerridas. A elasticidade do banco permitiu o treinador Morten Soubak explorar as fragilidades das tricolores, sob orientação de Vivaldo Eduardo. A lateral Cristiane Mwasessa foi a melhor jogadora em campo com 15 golos marcados.

Tempo

Multimédia