Desporto

1º de Agosto lima arestas antes da viagem a Lusaka

António de Brito

Em dia de viagem para Lusaka, o plantel do 1º de Agosto, tetra-campeão angolano, realiza hoje às 8h00, no Estádio França “N’dalu”, o último ensaio em Luanda, com treinador o Dragan Jovic a privilegiar os aspectos técnicos e tácticos, visando o jogo de sábado diante do Green Eagles da Zâmbia, referente à primeira “mão” da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol.

Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Nesta sessão de treino, Dragan Jovic trabalha com o grupo completo, pois já conta com os seis jogadores que estiveram ao serviço dos Palancas Negras, no duplo jogo com os Escorpiões da Gâmbia, nomeadamente Tony Cabaça, Isaac, Paizo, Macaia, Zito Luvumbo e Mabululu. Dani Massunguna e Nelson da Luz, recuperados dos casos clínicos, reforçam o leque de opções do bósnio na deslocação para a Zâmbia.
Logo a seguir ao derradeiro apronto, os 18 jogadores eleitos para a “Operação Green Eagles” concentram-se em regime de estágio no Quartel-General do Exército (ex-RI-20), sendo que a viagem para a Zâmbia acontece às 13h20, em voo de carreira da companhia de bandeira nacional. No treino realizado ontem, depois da folga de segunda-feira, os jogadores trabalharam com sentido de responsabilidade, atendendo ao grau de importância do jogo diante do actual nono classificado da Liga zambiana de futebol, com um ponto. Comparativamente aos outros dias, Dragan Jovic foi pouco interventivo, visto que os atletas não dificultavam o trabalho do corpo técnico.

Equipa confiante
Apesar de jogar num ambiente adverso, o tetra-campeão angolano parte para Lusaka com o pensamento em dois resutados possíveis, vitória e empate, como salienta o treinador-adjunto, Ivo Raimundo Traça.
“Quem pretende ingressar na fase de grupos, da Liga dos Campeões, tem de pensar em vencer ou empatar no reduto do adversário. A equipa está compenetrada e disposta a regressar ao país com um resultado que lhe permita sonhar com a qualificação”, assegurou ao Jornal de Angola o técnico-assistente.
Para a viagem à vizinha Zâmbia, o técnico dos rubro e negros elegeu os seguintes atletas: Tony Cabaça e Neblú (guarda-redes); Isaac, Paizo, Massunguna, Bobô, Bonifácio e Jó (defesas); Macaia, Mário, Kila, Atouba, Ibukun, Zito Luvumbo e Nelson da Luz (médios); Ary Papel, Lionel Yombi e Mabululu (avançados).

Tempo

Multimédia